Miranda ainda no aguardo do seu vice. Alvoroço toma conta do ninho tucano

Compartilhe nas redes sociais.

No início da manhã deste domingo (05), último dia para a realização das convenções partidárias, chegaram informações que nada ainda estaria definido na escolha do vice na chapa de Márcio Miranda (DEM). A única definição – em consenso geral – foi que a vaga seria ocupada por um tucano. Diversas tratativas foram realizadas nas últimas semanas. Duas deputadas do PSDB foram convidadas: Cilene Couto e Ana Cunha. Ambas não aceitaram. Com a insatisfação indisfarçável de alguns tucanos, pela escolha de Miranda, entre eles o prefeito de Ananindeua, Manoel Pioneiro; caberia então ao referido ter o direito de indicar.

Megale

Na montagem do atual governo, no fim de 2014, José Megale, então deputado estadual reeleito foi escolhido por Jatene para ser o seu Chefe da Casa Civil (o segundo cargo mais importante dentro da hierarquia da máquina estadual – isso com o governador no cargo). Megale aceitou e haviam conversas internas que a ida do deputado para o governo seria uma pretensão de Simão de prepará-lo para a sua sucessão.

Megale foi um chefe da Casa Civil apagado. Sua atuação não o colocou em patamar de ter a indicação para ser o sucessor de Jatene. O resto da história já se sabe, pela não aceitação de Zequinha Marinho em compor a estratégia política-eleitoral de Jatene.

As informações que chagaram ao blog nos primeiros raios de sol de hoje, afirmam que o ex-chefe da Casa Civil está revoltado com o governador. Megale não aceita ser a última opção de Jatene para ocupar a vice-governadoria. Uma fonte informou ao blog que ele não aceitaria o convite (por ocasião do encontro com deputados estaduais tucanos). Mas a mesma fonte afirmou – que apesar do gênio forte – o ex-deputado poderia mudar de ideia, dependendo do acordo.

Nas próximas horas saberemos quem será o vice de Márcio Miranda. O presidente da Alepa não vê hora desse impasse acabar, que só atrasa os trabalhos e escancara a desunião interna dentro do ninho tucano. Enquanto isso, quem provocou tal situação; Simão Jatene continua do jeito que mais gosta: em “stand by”.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.