A magia do marketing e o ilusionismo institucional

Compartilhe nas redes sociais.

Faço um grande esforço para acompanhar o cenário político de
Belém, capital do Pará, haja vista, que moro a mais de 700 km de distância, no
sudeste paraense, no município de Parauapebas. Entre as minhas “garimpagens” de
informações na internet, “mergulhei” no “Agência Pará”, site que promove e
sintetiza as ações do governo Jatene. Em poucos cliques se tem acesso a diversos
conteúdos em várias plataformas. Tudo bem dividido e direcionado. Um trabalho
de publicidade institucional de fazer inveja aos mais conceituados marqueteiros
ou publicitários.
Todas essas ações estão sob responsabilidade do “mago” do
marketing no Pará, Orly Bezerra, um dos maiores responsáveis pela dinastia
tucana que domina o Pará a quase duas décadas. No plano governamental, Jatene
conta com o site oficial de seu governo e ainda o citado aqui, como
complemento, sintetizando as ações. Por reunir todas as ações do governo, o
Agência Pará, dentro da sua estratégia, apresenta uma gestão com muitas
realizações, um governo que faz acontecer a todo o momento e por todas as
regiões paraenses, sustentado visualmente por uma infinidade de conteúdos no
site.
Desta forma o PSDB vai conseguindo se perpetuar no poder
estadual e aumentando a sua musculatura política nos municípios paraenses. Em
questão de marketing e propaganda, os tucanos são mestres, sem concorrência. As
disputas eleitorais pelo Palácio dos Despachos é a confirmação desse
ilusionismo institucional que se instaurou nos governos, independente de esfera
pública.
Diversas matérias na grande mídia e uma breve análise dos
balanços orçamentários de diversas gestões confirmam que a cada ano os gestores
públicos investem mais em marketing, procurando evidenciar suas ações ou
camuflar o que deixam de fazer. Em alguns casos, nem a maçante propaganda consegue
salvar algumas gestões, tamanho o fracasso gerencial. Mas no geral, a boa
propaganda com um marketing apropriado é determinante para se manter no poder.

O PT, por exemplo, sempre foi ruim e continua sendo em marketing,
independente de esfera de governo. Não consegue mostrar o que faz,
diferentemente dos tucanos, que conseguem transformar uma formiga em elefante,
por sua competência em propaganda. 
E assim o PSDB continua a controlar a
política paraense, tudo por conta do ilusionismo que impõe à sociedade. Não se
pode negar e deve-se reconhecer que os tucanos são mestres em marketing,
liderados pelo mago Orly Bezerra. E assim vamos vivendo no ilusionismo, entre o Pará real e o virtual.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta