COMEPA – NOTA DE REPÚDIO

Compartilhe nas redes sociais.

O Conselho Municipal de Educação de Parauapebas nos enviou e solicitou a publicação de uma NOTA DE REPÚDIO, a qual publicamos “ipsis llitteris”.

UM SHOW DE HORRORES, MARCA A ASSEMBLEIA DO COMEPA, EM PARAUAPEBAS

Mais uma vez, a Assembleia do COMEPA (Conselho Municipal de Educação de Parauapebas) foi marcada pelo desrespeito à democracia interna da entidade. Desde o último dia 05 de Agosto, o Conselho em assembleia deliberativa elegeu a conselheira Mirian Pimenta (Uma das Representantes de pais no Comepa) como titular para representar esse conselho no FUNDEB/CACS. Em oficio nº05/2019 da Comissão Eleitoral FUNDEB/CACS endereçado ao COMEPA, verificamos que não existe NENHUM tipo de impedimento legal quanto ao envio do nome de Mirian Pimenta (Titular) e Davi Teixeira Reis Junior (Suplente).

A penúltima assembleia, que deveria ser realizada no dia 20/08/2019, não ocorreu em virtude de uma repentina e misteriosa “falta de energia” nas dependências da entidade, fato que se resolveu 15 minutos depois da assembleia ter sido adiada, também por que a ata da assembleia anterior “não fora concluída a tempo”. Ressaltamos que, nesse dia, até o advogado da Semed esteve presente, numa tentativa de intimidar os conselheiros, pois até o momento não conseguimos entender qual seria a sua participação na pauta da reunião, a não ser para tentar nos intimidar?”.

Na última Assembleia do dia 04/09/2019, um show de horrores marcou o início da reunião: Na ata da assembleia ordinária (05/08/2019) a candidata Mirian Pimenta aparece somente com 03 votos (Teve 04 votos), e os outros candidatos aparecem com 02 votos, ou seja; o governo municipal orientou um dos conselheiros que votaram em Miriam a mudar o voto, mesmo depois de já ter votado há mais de um mês, na presença de todos! Que vergonha! Assim, alguns representantes da categoria dos professores no Comepa solicitaram então os áudios da assembleia desse dia, mas misteriosamente a secretária informou que “não lembra se houve gravação” ou então que talvez “estivesse com outra secretária”. O fato é que até agora essa gravação não apareceu ou talvez nem exista mais! De nossa parte, não sofremos de amnésia crônica e exigimos respeito às deliberações do COMEPA, assim como sempre respeitamos todas as votações internas da entidade, mesmo discordando de muitas delas. Por isso, fazemos um chamado aos membros desse conselho a refletirem sobre suas posições e não coadunarem com orientações advindas do “Morro dos Ventos”.

Repudiamos essas atitudes infantis e autoritárias que ferem a democracia interna do Comepa e nada contribuem para garantir uma das principais funções desse órgão que é o de fiscalizar e acompanhar a execução das políticas públicas em nosso município. Além do mais, a Sra. Presidente Catarina Lurdes Santos da Silva, se mantém intransigente, autoritária e dissimulada quanto as deliberações em assembleia, sendo cúmplice desse teatro de horrores, dessa piada de mau gosto que visa impedir todo e qualquer tipo de transparência quanto ao acompanhamento da transferência mensal dos recursos destinados a educação de Parauapebas. Catarina Lurdes Santos da Silva continua desrespeitando as deliberações aprovadas em assembleia como o pedido a ser encaminhado ao (MPF) Ministério Público Federal sobre a planilha financeira dos gastos com a manutenção das 43 escolas do município por escolas e também a planilha do Projeto de freqüência digital.

Pra finalizar esse show de horrores, também iremos solicitar esclarecimentos junto ao conselho sobre a denúncia feita (Página: Parauapebas Não Pode Errar Mais 2020) contra o conselheiro Davi Teixeira Reis Junior (Eleito como suplente para o Conselho do Fundeb/CACS) acusado de ser funcionário fantasma, segundo a página na internet. A luta continua em defesa da educação pública de qualidade e pela manutenção da democracia interna do COMEPA!

REPRESENTANTES DA CATEGORIA DOS PROFESSORES NO COMEPA QUE ASSINAM:

  • VANDEMBERG ASSUNÇÃO PASTANA
  • MÁRCIO DANIEL PEREIRA DE AZEVEDO
  • EVALDO JOSÉ MORAES
  • NAYANA BRITO DE ALMEIDA

** O conteúdo é de inteira responsabilidade de seus autores

Avatar
Sobre Vicente Reis 21 Artigos
Vicente Reis, 46 anos - “Músico de formação, Programador e Data Scientist”. Viciado em Ópera, Jazz, e-Games, Clube do Remo e Vasco da Gama. Político Cultural, Agente Político e militante de causas perdidas...

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta