Prefeitura de Parauapebas promove curso na 23º Semana da Árvore

Compartilhe nas redes sociais.

A Prefeitura de Parauapebas promoveu a 23º Semana da Árvore em Parauapebas. Parte da programação foi realizada no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do bairro Rio Verde. 

No referido espaço foi promovido oficina para o aprendizado do cultivo da prática milenar japonesa do Bonsai (significa cultivado, plantado em bandeja ou vaso). O Bonsai não se trata de uma espécie vegetal específica, mas sim de uma técnica utilizada em árvores com o objetivo de “miniaturizá-la” inspirando-se em formas existentes na natureza. Não há árvore de Bonsai, mas árvores que se transformam pelo processo de Bonsai. Na prática, é a arte de selecionar e transformar árvores que tenham potencial para se assemelhar a uma réplica na natureza.

Segundo o engenheiro agrônomo Vandeilson Berfort, a referida técnica de cultivo, além de trazer qualidade de vida na saúde, na ocupação no bem-estar, as condições psico-fisiológicas do ser humano, também pode gerar renda. Segundo ele, existem empresas especializadas em Bonsai, em vender a citada técnica milenar. 

“Porque nós não podemos apenas preparar as nossas crianças, nós devemos também conscientizar os nossos idosos, e também trazer a eles qualidade de vida, que é o que eles mais precisam”, resumiu a analista ambiental Maria Bezerra. 

além do curso, ocorreu no CRAS atividades recreativas e o concurso que escolheu a Miss Natureza Melhor Idade. 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta