Um pouco de Lúcio Flávio Pinto

Compartilhe nas redes sociais.

Hoje (10) ocorrerá um evento importantíssimo no CEUP (Centro
Universitário de Parauapebas), durante o dia inteiro: “Carajás em Pauta”.
Diversas mesas redondas serão realizadas com o propósito de debater como tema
central a mineração, divididas nas questões: agrárias, movimentos sociais,
modelo de desenvolvimento e a empresa Vale.
Para fechar “com chave de ouro” os organizadores do evento,
trouxeram à Parauapebas o jornalista Lúcio Flávio Pinto, um dos mais respeitados
profissionais e uma das melhores mentes críticas em relação ao espaço
amazônico. Quando o assunto é Amazônia, LFP é uma referência, talvez a maior
que esteja em atividade.
Tenho dois livros escritos pelo referido jornalista, além de
dezenas de exemplares de seu jornal Pessoal, periódico semanal, que tornou-se
obrigatório a sua leitura para quem quer se aprofundar nas temáticas regionais.
Confesso que admiro e acompanho LFP em suas aparições em diversos veículos ou
formatos.

Infelizmente poucos conhecem ou dão a devida importância ao
LFP. O jornalista é mais reconhecido fora do país do que dentro dele. O evento
de hoje é uma oportunidade quase única para a sociedade parauapebense possa ter
contato com uma das mentes mais brilhantes deste país. Afinal, na “Capital do
minério” se conhece, discute e se debate pouco a questão mineral.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta