Prefeito Valmir, favorito para a disputa eleitoral de 2016?!

Compartilhe nas redes sociais.

Na última semana por ocasião de encontro festivo, referente
as homenagens pelo dia do professor, encontrei casualmente um grande conhecedor
da política local. Inevitavelmente conversamos rapidamente sobre o tema. O nome da pessoa prefiro manter no anonimato, pois não conseguir
autorização do mesmo para divulgá-lo. Por uma questão ética, prefiro não
citá-lo.
O referido é um grande conhecedor das engrenagens da
política da “Capital do Minério”, participando do processo como agente público.
Hoje, de fora, analisa muito bem o cenário. Na rápida conversa, ele afirmou que
independente de qualquer coisa, dos fatos, de denúncias, dos últimos
acontecimentos que envolvem a gestão municipal, o prefeito Valmir Mariano ainda
é o favorito para vencer a eleição do próximo ano. Essa afirmação confesso que
me deixou sem saber o que falar, não consegui nem replicar. Apenas, perguntei em que se fundamentava tal
afirmação? Por ter sido justamente feito por um dos maiores críticos do prefeito.
O …, disse que os adversários do prefeito possuem muita
rejeição; Valmir tem nas mãos uma máquina bilionária; muitas obras de
infraestruturas ainda estão para serem entregues e por ai vai. O cenário
conjuntural diz justamente o contrário. O prefeito Valmir está muito mal
avaliado. Em todas as pesquisas de consumo interno dos partidos, o atual
mandatário municipal não aparece nem entre os quatro primeiros. Essas mesmas
pesquisas confirmam: Darci Lermen liderando com Marcelo Catalão em segundo. Processo confirmado pelo blog em sua recente enquete.
O que teria então feito … Afirmar que o prefeito Valmir é
o favorito, sendo ele um dos maiores críticos do atual mandatário municipal?
Quando sou perguntado sobre essa questão, venho afirmando que, independente de
pesquisas ou cenários, mandatário que tenha um orçamento bilionário como ocorre
em Parauapebas, não se pode desprezá-lo, apesar da realidade afirmar o
contrário.

Por outro lado, minhas análises e estudos sobre a política
local e as diversas disputas eleitorais, apontam que o voto depositado na urna,
no caso de Parauapebas, é sempre com perfil ou com intenção de protestar, ou
seja, se vota em qualquer um outro só para tirar o atual gestor e seu grupo do
poder. Pelo visto, a única certeza que temos é que a disputa pelo Palácio do
Morro dos Ventos em 2016 promete muita emoção. Façam as suas apostas.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta