Helder Barbalho se pronuncia sobre os repasses de recursos da Odebrecht

0
0

O vídeo acima postado na Fan Page de Helder Barbalho, ministro da Integração Nacional, é de pouco mais de dois minutos. Em seu conteúdo, de forma direta, o referido se defende contundentemente. O pronunciamento se deu em tom de indignação, de respeito ao eleitorado do pretensioso candidato novamente ao Palácio dos Despachos, em 2018.

Como esperado, a defesa se coloca em relação ao recebimento de recursos por parte da empreiteira Odebrecht como algo legal, capitalizado dentro das normas impostas pela Justiça Eleitoral, dando ênfase ao registro da aprovação das contas de campanha sem nenhuma ressalva. Helder afirma que é o maior interessado nos esclarecimentos – o mais rápido possível – dos fatos. Para que, segundo ele: “a verdade prevaleça”.  

O caso Cosanpa

Em relação à polêmica de que o ministro Helder Barbalho teria negociado junto à Odebrecht, em troca de apoio financeiro para a sua campanha ao governo do Pará, em 2014, a Cosanpa, fazendo com que a empreiteira assumisse diversos projetos nas áreas de saneamento básico e abastecimento de água. A assessoria do ministro enviou ao blog matéria de 2012, quando Helder estava em seu último ano como prefeito de Ananindeua. Na ocasião, ele e mais três mandatários municipais (Alenquer, Marituba e Castanhal) assinaram contrato de renovação (CR) para a prestação dos serviços de abastecimento de água e coleta de esgoto com a Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa), válido para os próximos 30 anos, junto ao governo do Estado.

O Ministro afirma que o ato é a comprovação de que ele é um defensor da Cosanpa e já buscava o seu fortalecimento, desmontando assim, qualquer discurso privatista a ele embutido, especialmente referente às recentes denúncias.

Deixe uma resposta