Samu e UPA oferecem atendimento estruturado à população

Compartilhe nas redes sociais.

Você presenciou um acidente de trânsito ou um colega de trabalho que passou mal, qual a primeira coisa a fazer? Acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) por meio de ligação telefônica para o número 192. O atendimento telefônico será realizado por um médico regulador, que avaliará o tipo de ocorrência relatada e encaminhará equipe do Samu para o local da ocorrência.

De janeiro a maio deste ano, 1.015 ocorrências foram atendidas, dentre elas constam: acidentes de trânsito, surtos de pacientes psiquiátricos e mulheres em trabalho de parto.               

Parauapebas conta com uma base do Samu estruturada. A Unidade de Suporte Básico (USB) e a Unidade de Suporte Avançado (USA) – ambulâncias dotadas de equipamentos de saúde – são utilizadas para atendimentos de urgência e emergência realizados por médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, de acordo com a ocorrência.   

UPA realiza 8.232 atendimentos por mês

Em média, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Parauapebas, que tem Porte III, de acordo com a classificação do Ministério da Saúde, realiza mensalmente 8.232 atendimentos. São 93 profissionais diretos e mais 34 terceirizados trabalhando no serviço de urgência e emergência para a população, que funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana.

A UPA recebe pacientes que dão entrada diretamente na recepção e também alguns casos mais graves, geralmente conduzidos pelo Samu, que entram direto para a sala vermelha, onde são realizados atendimentos de emergência, como foi o caso do aposentado Claudimiro Teixeira, que desmaiou em função de uma hipoglicemia.

“Eu estou muito satisfeito com o atendimento, me sinto bem melhor. Eu estava desmaiado quando cheguei aqui na UPA, mas meu cunhado, que me trouxe, me disse que eu fui prontamente atendido”, relatou o aposentado. Muitos dos pacientes que entram direto pela sala vermelha são levados pela equipe do Samu.

Atendimento médico de urgência e emergência, acolhimento, administração de medicamentos, curativos, exames laboratoriais, exame de imagens (Raio-X) e serviço social são disponibilizados para a população na UPA que conta com uma estrutura ampla e bem organizada.

Os pacientes que precisam de observação ficam em enfermarias climatizadas e bem equipadas. As crianças ficam separadas dos adultos e há as enfermarias de isolamento, para pacientes com doenças com risco de contágio.

A UPA também conta com uma ouvidoria interna por meio da qual recebe dicas, sugestões, críticas e reclamações. As informações recebidas por meio da ouvidoria são socializadas junto aos profissionais, que estão em constante processo de busca de melhoria no atendimento.

Informe Publicitário.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta