Jatene teve suas contas reprovadas

0
287

Como era esperado, o ex-governador Simão Jatene (PSDB) teve as suas contas referente ao ano de 2018, reprovadas pela Assembleia Legislativa do Pará (Alepa). Foram 34 votos contra 6, nenhuma abstenção e uma ausência. Segundo a jornalista Franssinete Florenzano, a sessão toda durou cinco horas e meia e foi bastante tumultuada, e fatos “estranhos”, incomuns ocorreram nas dependências do Palácio Cabanagem, sede do Poder Legislativo.

O ex-governador tucano fez a própria defesa oral. Por três horas e meia tentou desconstruir os argumentos que sustentavam a reprovação de suas contas. De nada adiantou, ocorreu um placar elástico. Segundo apurado por Florenzano e postado em seu blog, nenhum dos quatro deputados estaduais do PSDB (Victor Dias, Luth Rebelo, Cilene Couto e Ana Cunha), se manifestaram publicamente na defesa do ex-governador.

Sendo assim, Jatene está inelegível pelos próximos oito anos, o que lhe tira da disputa pelo governo do Pará, em 2022, caso queira concorrer novamente. Cabe ao ex-governador recorrer ao Poder Judiciário para não ficar inelegível.

No plano político, sem um nome de peso como o de Jatene, o PSDB fica em uma situação complicada na eleição ao governo do Pará, em 2022. Novos capítulos virão.

Imagem:Blog da Franssinete Florenzano.

Deixe uma resposta