Jornalista sofre ameaças por ter contratado pesquisa em Canaã

0
315

Na última segunda-feira, 20, o Instituto Skala divulgou nos números de sua pesquisa no município de Canaã dos Carajás. O levantamento foi encomendado pela empresa M.M Comunicação e Eventos, de propriedade do jornalista Marcelo Marques. A pesquisa apontou o seguinte cenário: Jean Carlos segue na frente, com 52,6% da preferência. Na segunda posição segue Josemira Gadelha (candidata do prefeito Jeová de Andrade), com 16,1% das intenções. Os outros candidatos somados não ultrapassam a segunda colocada.

Pois bem, a questão aqui não é abordar a pesquisa, até porque a mesma foi divulgada em inúmeros sites. Mas o efeito dela. Horas depois de sua publicação, o jornalista Marcelo Marques (O Bacana) recebeu ameaças anônimas.

Segue a nota recebida pelo Blog:

“O Bacana fez em março deste ano 18 anos no ar. É composto do Programa Bacana – mais de 4 mil programas de TV com mais de 50 mil entrevistados, as personalidades mais importantes do estado, artistas nacionais, empresários e políticos passaram pelo programa, exibido na RBA-TV, e que nunca saiu do ar.

Também faz parte do nosso grupo a Revista Bacana, a mais conhecida no estado, o portal Bacana News um dos mais acessados e prestigiados e o programa de Rádio na Unama FM.
Não fazemos só isso: as festas do Bacana são as mais concorridas não só pelo número de convidado mas também pela categoria de quem participa, sempre prestigiada por líderes empresariais, políticos e os maiores empresários do estado.

Já visitamos 69 cidades do estado, gravando e mostrando essas cidades. Marcelo Marques já recebeu os títulos de Cidadão do Pará pela Alepa, Cidadão de Belém pela Câmara Municipal, Personalidade de Marketing pela ADVB Associação dos Dirigentes de Venda do Brasil, e Jovem Empresario do Ano pela Associação Comercial do Pará.

Pesquisas eleitorais já fizemos dezenas, com diversos institutos e aferindo várias cidades.
Depois da última pesquisa publicada pelo Bacana News, fomos ameaçados por alguns que talvez achem que mandam em Canaã dos Carajás. Nada no entanto muda, não nos intimidamos pelos poderosos do momento, muitos já vimos passar, alguns ficaram para a história e outros com suas administrações pífias, já foram ou vão para o esgoto.
Canaã é uma cidade paraense, mais de um bilhão de receita no último ano, portanto merece sim que o Bacana faça pesquisas, e continuará fazendo lá e onde mais achar necessário.

A pesquisa em questão foi registrada no TRE como manda a lei. Se o resultado não agrada quem quer que seja, que façam gestões públicas melhores. Se não fazem, bom, aí é a população que diz”.

Deixe uma resposta