O Palácio aos interiores. Primeira parada: Oeste do Pará

0
2

Hoje, 20, o Governo do Pará inicia a execução de seu mote de campanha: Estado Presente. Conforme anunciado previamente desde o ato de posse, que pela primeira vez na história, ocorreu em três municípios no mesmo dia: Belém, Marabá e Santarém. 

A estrutura de governo, que inclui diversos secretários, desembarcou em Santarém e inicia hoje um conjunto de ações no referido município, o maior da região oeste, e o terceiro mais populoso do Pará. O programa atende pelo nome de “Governo Por Todo o Pará”, que tem como estratégia a interiorização, visando aproximar a gestão estadual da população de todo o Estado.

Segundo a assessoria de comunicação do Governo, as ações começam hoje, quando o governador Helder Barbalho faz, às 10h, o lançamento oficial da ação em cerimônia no auditório do campus Tapajós da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa). A programação segue até o próximo sábado (23), com diversas atividades não apenas em Santarém, mas em outros municípios da região.

Após o ato de instalação do Governo por Todo o Pará, o Helder se reúne com representantes das prefeituras e câmaras municipais de municípios das regiões do Xingu, Baixo Amazonas e Tapajós. Ao longo dos quatro dias de programação, o chefe do Executivo ainda tem encontros com o procurador-geral de Justiça do Estado, Gilberto Martins, e com promotores de Justiça do Baixo Amazonas. Sessão especial da Assembleia Legislativa também integra o cronograma de atividades, na quinta-feira (21).

Dando voz à população que vive na região do Baixo Amazonas, também na quinta-feira (21) ocorre a primeira audiência pública de elaboração do Plano Plurianual (PPA) 2020-2023, momento em que o público terá a oportunidade de contribuir com o processo de construção deste que é um dos principais instrumentos de planejamento do Estado, na medida em que estabelece as diretrizes, os investimentos estratégicos e as ações estruturantes que servirão de norte para a atuação do governo nos próximos quatro anos. 

Segundo matéria da Agência Pará, Santarém será apenas o primeiro município a receber a sede da administração estadual. Depois, outras cidades também passarão pelo mesmo processo. “Vamos transferir o governo para Santarém para debater e discutir com todo o oeste do Pará. Em seguida vamos para Marabá e para Breves, atendendo ao sul e sudeste do Estado e ao Marajó, fazendo um governo próximo das pessoas, ouvindo a nossa gente e trabalhando pelo povo paraense”, disse o governador Helder Barbalho.

Em Marabá, o Executivo Estadual estará entre os dias 3 e 5 de abril, e em Breves, de 10 a 12 seguintes.

Deixe uma resposta