Pará, dominado pelo medo. Cadê o governador?

Não é novidade ou algo casual, a violência no estado do Pará chegou a patamares críticos e extremamente preocupantes. O sistema de segurança pública se apresenta insuficiente perante à escalada de violência que tomou...

Prefeito Valmir, favorito para a disputa eleitoral de 2016?!

Na última semana por ocasião de encontro festivo, referente as homenagens pelo dia do professor, encontrei casualmente um grande conhecedor da política local. Inevitavelmente conversamos rapidamente sobre o tema. O nome da pessoa prefiro manter no...

A oposição, a hipocrisia e a indignação seletiva

O blog inicia o mês de novembro postando o excelente texto que serve como um grande diagnostico sobre a postura dos partidos da oposição, da mídia e de grande parte da sociedade. Em parte,...

Cada vez mais minério, a VALE que vale

No último dia 22, a mineradora Vale divulgou o seu terceiro balanço de 2015, onde apresentou prejuízo (R$ 6,6 bilhões) em relação ao trimestre anterior. Quando a comparação é em relação ao ano passado, a diferença negativa...

2018 já começou: pesquisa Ibope sobre a disputa presidencial

No último dia 26 o Instituto Ibope divulgou pesquisa referente a corrida presidencial de 2018. Foram colocados diversos nomes para os eleitores (2002 pessoas foram ouvidas em 140 municípios espalhados pelo Brasil): ex-presidente Lula...

Parauapebas e a institucionalização do calote

No último dia 21, uma cena inusitada, diferente, repercutiu por toda a cidade de Parauapebas. Pela manhã, um empresário que prestou serviços à prefeitura, em frente ao Palácio do Morro dos Ventos, sede do poder executivo, ao...

Prefeito Valmir espanta a crise e volta a controlar as peças do tabuleiro político

Quem acompanha política sabe que a instabilidade, mudanças de cenário, ocorrem o tempo inteiro, independente da esfera ou nível de governo. Em Parauapebas não poderia ser diferente. Há exato um mês, a situação do prefeito Valmir Mariano...

Barcarena: mais um exemplo das consequências do modelo de desenvolvimento na Amazônia

Venho acompanhando de longe, os acontecimentos que estão ocorrendo no município de Barcarena, localizado a 300 quilômetros da capital Belém, onde no último dia 06, no Porto de Vila do Conde, no referido município,...

Parauapebas além das crises política e econômica, agora poderá enfrentar crise hídrica

Parauapebas vem enfrentando uma das piores estiagens dos últimos anos. Não chove no município há várias semanas e o nível do Rio Parauapebas, que abastece a cidade, está marcando 4,71 metros, índice mais baixo...

Governo Dilma novamente nas cordas

A cada semana o governo da presidenta Dilma Rousseff coleciona vitórias e derrotas, mais revés do que conquistas e dessa forma vai sobrevivendo aos mais variados ataques que recebe. Sem governabilidade o Palácio do...

O que será do PT depois do governo Dilma?

Em 2010, quando a então candidata à presidência da república, Dilma Rousseff, foi eleita, mantendo o PT no poder por mais quatro anos, depois de oito verões amazônicos (contexto regional comparativo) do governo Lula, muitos me perguntavam...

Prefeito Valmir finalmente pode ter acertado na articulação política

“Minha perspectiva de trabalho é construir uma relação mais harmoniosa entre os poderes Legislativo e Executivo”. E com essa frase que Wanterlor Bandeira se apresentou ao assumir a chefia de gabinete do prefeito Valmir...

Reforma ministerial: salvação para a crise política do governo Dilma?

Hoje (02), depois de muitos acordos, conversas, acertos, reuniões e falatório nos bastidores, foi anunciado a reforma ministerial do governo Dilma, construído com dois objetivos: as necessidades do ajuste fiscal, ou seja, redução do custeio, diminuindo ministérios...

Tudo como Dantes no quartel de Abranches

A frase que deu origem a esse texto surgiu no início do século 19, com a invasão de Napoleão Bonaparte à Península Ibérica. Portugal foi tomado pelas forças francesas, porque havia demorado a obedecer...

Hoje é o dia “D”?

Na sessão de hoje (29) na Câmara Municipal de Parauapebas ocorrerá mais um capítulo do processo de autofagismo entre os poderes executivo e legislativo da cidade, possivelmente poderá ser o dia “D”, pois, pela primeira vez (depois...