Ciro Gomes retornou ao Brasil; mas é como se ainda estivesse na Europa

Compartilhe nas redes sociais.

Após passar quase três semanas na Europa, Ciro Gomes chegou anteontem (26) à noite a Fortaleza. Desembarcou no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em meio à festa de correligionários e simpatizantes. Para a surpresa de todos o pedetista não tratou de política e nem externou a sua posição de apoio ao candidato Fernando Haddad (PT), como poderia se esperar.

No dia seguinte o ex-governador cearense gravou um depoimento em uma de suas redes sociais confirmando a sua neutralidade. Assim como fez em sua primeira entrevista após o resultado do primeiro turno, Ciro Gomes pediu que se vote a favor da democracia, contra a intolerância e pelo pluralismo. Indiretamente pediu voto em Haddad, porém mantendo o seu apoio crítico ao petista.

A neutralidade de Gomes continua gerando polêmica. Muitos achavam que a partida para o velho continente seria uma forma de “digerir” a derrota e as “rasteiras” dadas pelo PT a mando de Lula. Alguns dias longe do Brasil, fora da pressão, acalmaria o pedetista e o traria com novo espírito de luta. Não, pelo contrário, em seu discurso Ciro deixa claro a mágoa contra o PT e a sua estratégia política para a próxima disputa presidencial, em 2022.

A frase marcante em seu depoimento e que resume o seu posicionamento: “Se não ajudo também não quero atrapalhar”. Ela é clara e bem didática. Ciro Gomes sabe que o país está dividido e independente de quem vença a eleição, a divisão continuará. O pedetista sabe também que o novo presidente terá muitas dificuldades e não há garantias que – pelo menos a curto prazo – o país consiga encontrar o seu caminho. A sua postura neutra é a estratégia de não se misturar a esse processo eleitoral carregado de rejeição, do voto forçado e ao mesmo tempo se colocar como a opção que ficou à margem de todo esse cenário. Resta saber se o ex-ministro conseguirá reunir em torno de si o campo de centro esquerda, isso apostando em uma derrota petista nesta eleição presidencial. Ciro voltou, mas é como se não tivesse desembarcado no Brasil.

Clique no link e assista abaixo o vídeo com o posicionamento de Ciro Gomes:

Ciro Gomes: primeiro posicionamento após o retorno da Europa

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.