Em sentido contrário da realidade e de outras pesquisas, o Vox Populi aponta que a disputa presidencial ainda está em aberto

Compartilhe nas redes sociais.

Diferente do que a ampla maioria dos institutos de pesquisa estão apontando, o Vox Populi divulgou o seu mais novo levantamento na última sexta-feira (19), e os seus números surpreenderam a todos. De acordo com a pesquisa, no cenário estimulado, Bolsonaro aparece com 44% das intenções de votos – 53% dos votos válidos, que exclui brancos/nulos e indecisos -; Haddad tem 39% – 47% dos válidos. Se for considerado a margem de erro (2,2%) a diferença entre os dois candidatos pode chegar a menos de 2%, conforme o relatório do Vox Populi.

O levantamento foi realizado entre os dias 16 e 17, e se deu antes do estouro do escândalo do caixa 2 na campanha de Jair Bolsonaro, sobre o disparo de mensagens mentirosas anti-PT bancado por empresas de forma ilegal, revelado pela Folha de São Paulo.

Caso fique comprovado o esquema fraudulento similar à caixa 2, que é o financiamento de campanha patrocinado por empresários, o que é proibido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) desde 2015, sendo assim, a chapa de Jair Bolsonaro e do general Hamilton Mourão poderá ser cassada, no caso dos dois vencerem o pleito.

Resta saber se o ocorrido afetará à candidatura do capitão, a ponto de ameaçar a sua vitória. Enquanto os institutos Ibope e DataFolha já colocam a “faixa” presidencial em Bolsonaro, o Vox Populi (instituto que mais chegou perto do resultado final de segundo turno na eleição de 2014) ainda mantém a disputa acirrada. A história se repetirá ou a metodologia aplicada pelo Vox Populi está fora da realidade?

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.