Em sua quinta e última pesquisa de primeiro turno, Doxa mantém o cenário de segundo turno na disputa pelo governo do Pará

Compartilhe nas redes sociais.

O instituto Doxa divulgou os números de sua quinta e última pesquisa deste primeiro turno ao governo do Pará. Realizada entre os dias 02 e 05 de Outubro e registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Pará sob o protocolo PA-00747/2018, a pesquisa tem a margem de erro estimada em 2,25%, para mais ou para menos, sobre os resultados. A pesquisa entrevistou 1.896 eleitores, em todas as regiões do Estado e tem o nível de confiança de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% dos resultados retratarem o atual momento eleitoral.

Em comparação a pesquisa anterior, divulgada no último dia 30, o candidato do MDB, Helder Barbalho caiu 0,6% (38,4% a 37,8%) e o candidato do DEM, Márcio Miranda subiu 2,4% (26,8% a 28,2%). Na série comparativa entre as cinco pesquisas, Helder Barbalho caiu 1,4% (levando em consideração o pico de 39,2% atingido pelo candidato na segunda pesquisa; e o seu índice mais baixo, atingido na atual pesquisa, que foi de 37,8%). Portanto, no caso do candidato do MDB, nos números comparativos das cinco pesquisas divulgadas pelo Doxa, não houve alteração, pois as oscilações ficaram dentro da margem de erro.

Na série comparativa do candidato do DEM, a subida foi de 7,8% (levando em consideração o seu índice mais baixo, registrado na primeira pesquisa, partindo de 20,4%; e comparando com o quinto e último levantamento, em que atingiu o seu índice mais alto, que foi de 28,2%). Ou seja, Márcio Miranda, segundo a Doxa, quase triplicou o seu índice de intenção de votos na série comparativa.

O instituto Doxa é o único que mantém a margem mais próxima entre as duas principais candidaturas ao governo do Pará. O Doxa durante toda a sua série, sempre manteve o cenário de segundo turno entre Helder Barbalho e Márcio Miranda. O ponto fora da curva está na divulgação da Estimulada de votos válidos, ou seja, sem a presença de nulos, brancos ou que não sabem responder. Nela, o candidato do MDB chega a 47, 1% (pela margem de erro da pesquisa, quase torna Helder Barbalho vencedor já em primeiro turno). Neste formato, Márcio Miranda atinge 35,1%). Porém, não há como traçar uma série comparativa na Estimulada de votos válidos, pois o Doxa não apresentou esses dados sequencialmente.

Mais tarde tem a do Ibope…

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.