Mais um acordo de campanha é desfeito. Seguem as trocas no Governo Darci Lermen

Compartilhe nas redes sociais.

Na noite da última quarta-feira, 26, fontes palacianas já informavam ao blog que no dia seguinte, portanto, ontem, 27, haveria no Gabinete do mandatário municipal, reunião entre o prefeito Darci Lermen e seu secretariado. E que no encontro ocorreria o anúncio do novo integrante do 1º escalão do governo. A troca na Secretaria de Desenvolvimento (Seden) não foi uma surpresa. Há meses que se cogitava mudanças na referida pasta.

Isaías de Queiroz deu lugar a um dos maiores empresários de Comunicação de Parauapebas, Genésio Filho, que ficará responsável por uma área estratégica do governo, mas que até o momento não apresentou desempenho satisfatório, não conseguindo criar arranjos políticos e operacionais na área.

Em sua competência institucional, listada em 16 itens, não se percebia tais referências sendo executadas na prática. Conforme o texto de sua apresentação, a Seden tem como objetivo principal promover de maneira integrada com as outras secretarias, alternativas de desenvolvimento sustentável, contribuindo para a diversificação produtiva, geração de emprego e renda e melhoria da qualidade de vida da comunidade. Conseqüentemente, essa integração voltada para o fortalecimento da economia do município, e objetivando o incremento das atividades produtivas existentes, demonstrou a importância de fomentar com estudos e informações significativas os segmentos produtivos organizados e carentes de suporte técnico e viabilidade econômica e financeira.

Darci segue o modus operandi que o blog vem apresentando há meses, o de romper com os acordos de campanha, e buscar nomes mais antigos e de “rodagem” na cidade para compor o seu secretariado. O novo secretário, Genésio Filho, é reconhecido por ser um visionário, um empresário bem sucedido, com ótima visão de mercado. Seu perfil – a priori – atende, pelo menos, no plano teórico, os objetivos da Seden, e o que se espera dela. Mas a ida de Genésio para dentro da gestão poderá ter outro objetivo atrelado ao principal: a relação com a imprensa. Mas isso será pauta para um outro post… 

O Blog deseja sorte e sucesso ao novo secretário. O desafio é enorme. Outras trocas no governo acontecerão. A campanha de 2016 vai ficando para trás. Melhor para o governo e consequentemente para Parauapebas, por mais tarde que seja. 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta