Números do Ibope apontam que a eleição ao governo do Pará poderá ser decidida em primeiro turno

Compartilhe nas redes sociais.

Mais cedo o Instituto Ibope divulgou a sua mais nova pesquisa para o governo do Pará. Novamente o levantamento foi encomendado pela TV Liberal, tendo margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa colocou novamente o candidato do MDB, Helder Barbalho bem à frente dos demais, com a possibilidade de vencer a disputa já no primeiro turno. O levantamento foi dividido em duas partes: votos válidos e totais. Sabe-se que os votos válidos se desconsidera os brancos, nulos e os eleitores que se declaram indecisos.

No levantamento dos votos válidos, Helder chega a 54%; Márcio Miranda aparece em segundo com 25% e Paulo Rocha atinge 14%. Portanto, segundo o Ibope, o candidato do MDB ganharia a eleição no primeiro turno.

No formato de votos totais, ou seja, considerando brancos, nulos e indecisos, Helder Barbalho possui 48% dos votos (com a margem de erro da pesquisa, o candidato do MDB, venceria a eleição em primeiro turno); Márcio Miranda atinge 22% e Paulo Rocha fica com 13%. Brancos e nulos somam 8% e os que não sabem atinge 4%.

No índice de rejeição, o candidato do PT, Paulo Rocha lidera com 26%, seguido por Helder Barbalho com 25%. O candidato do DEM, Márcio Miranda tem 19%.

Assim como nas pesquisas anteriores, no segundo turno – caso haja – Helder Barbalho venceria todos os seus adversários:

  • Helder Barbalho (MDB): 57% x 33% Márcio Miranda (DEM) (branco/nulo: 7%; não sabe: 3%);
  • Helder Barbalho (MDB): 57% x 29% Paulo Rocha (PT) (branco/nulo: 11%; não sabe: 3%).
 Análise:

Em comparação com as duas últimas pesquisas ao governo do Pará divulgadas pelo Ibope, Helder Barbalho saltou de 43% para 48%; Márcio Miranda partiu de 11% e foi a 22%, dobrando a sua intenção de voto. O Ibope (com a consideração da margem de erro no caso dos votos totais) aponta que a eleição ao Palácio dos Despachos será encerrada neste domingo (07), algo que nunca ocorreu em disputas pelo governo do Pará. O Doxa, o principal concorrente do Ibope nesta eleição, aponta em outro cenário e garante o segundo turno. Quem vencerá a disputa dos números? Ambos os institutos mantiveram seus levantamentos amplamente divergentes entre si. Em disputas anteriores o Doxa levou vantagem. Porém, em 2014, na disputa pelo governo do Pará entre Helder Barbalho e Simão Jatene, o Ibope apontou a vitória apertada no primeiro turno do então candidato do PMDB, o que se confirmou nas urnas. E agora?

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.