Prefeito de Parauapebas publicará decreto hoje, 18, com medidas de prevenção contra o Coronavírus

0
116

Até o final da tarde desta quarta-feira, 18, o prefeito Darci Lermen irá publicar decreto com as medidas de prevenção e proteção contra o Coronavírus (Covid-19) em Parauapebas. Medidas que, a princípio, serão válidas por 15 dias e que nesta manhã foram discutidas no gabinete com uma equipe de governo, envolvendo especialmente as secretarias de Saúde (Semsa) e de Educação (Semed).

No final da manhã, mais de 100 profissionais da saúde do município, entre médicos e enfermeiros, participaram de mais um treinamento sobre como tratar com a doença no município, que até agora ainda não registrou qualquer caso suspeito, mas que decidiu se preparar para tentar evitar o Covid-19.

Na abertura do treinamento, Darci Lermen e o titular da Semsa, Gilberto Laranjeiras, adiantaram sobre as medidas que serão tomadas. “Creio que é melhor errar por excesso de zelo do que por omissão”, disse o prefeito, para adiantar algumas medidas: suspensão das aulas das escolas públicas; proibição de aglomeração de pessoas, seja em qualquer número; restrição ao atendimento público na prefeitura e demais órgãos; liberação dos servidores públicos dos grupos de risco, como aqueles com idade a partir de 60 anos; e ainda liberação dos funcionários que podem trabalhar em casa, os chamados home offices. Todos os eventos públicos, como inaugurações, jogos e reuniões com as comunidades, também foram suspensos.

“Estamos no momento de construção da nossa segurança”, enfatizou Darci Lermen. Com a interrupção das aulas, a prefeitura orienta os pais ou responsáveis a não levar as crianças e adolescentes aos locais públicos, para evitar as aglomerações. O ideal é que as pessoas se mantenham dentro de casa.

O prefeito frisou que Parauapebas segue as orientações dos ministérios da Saúde e da Educação. “Queremos estar prontos. Vamos torcer para não ter nenhum caso aqui e vamos trabalhar para isso não acontecer”, reforçou o prefeito aos profissionais da saúde.

Uma das grandes preocupações da prefeitura é com os hospitais públicos, principalmente o municipal, onde é grande o movimento de pacientes e familiares pelos corredores. Para tentar impedir a entrada dos vírus nessas instituições, a prefeitura vai fazer uma reforma emergencial no antigo PSM, para receber exclusivamente as pessoas com suspeitas de Coronavírus. A prefeitura pretende fazer a reforma em 15 dias e colocar ali 40 leitos.

Outra medida da prefeitura é a criação de “núcleo de crise” para monitorar os rumos do Coronavírus e sugerir medidas contra a doença. “Hoje, vivemos um momento de pandemia, um momento de contarmos com todos servidores que aqui estão. Temos que estar unidos, fortes, para cuidar da nossa população, o que é muito importante”, conclamou Gilberto Laranjeiras aos profissionais de saúde.

O titular da Semsa garantiu que para as equipes não faltarão os equipamentos individuais de proteção, para que trabalhem com segurança e tranquilidade. “Estamos comprometidos em fazer um trabalho bem eficaz para quando o vírus chegar já estarmos preparados”, assinalou Gilberto Laranjeiras, que pediu atenção e cuidado para as notícias falsas disseminadas nas redes sociais. “Não vamos deixar a fake news atrapalhar nossa gestão”, pediu o secretário.

Informe Publicitário – Texto: Hanny Amoras / Foto: Irisvelton Silva.

Deixe uma resposta