Rapidinhas do Blog. XXVIII

COMPARTILHE:

O Homem não para I

Desde quando foi diplomado como deputado federal pelo MDB, Keniston Braga não para. O ex-secretário Especial de Governo de Parauapebas vem promovendo intensa agenda. Dentre os visitados pelo citado estão: Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos Deputados; Baleia Rossi, deputado federal por São Paulo e presidente nacional do MDB; senador Jader Barbalho (MDB); ministro das Cidades, Jader Filho, presidente estadual do MDB paraense; ministro do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes (PDT) e o governador Helder Barbalho (MDB).

O Homem não para II

Depois de muitas reuniões na capital federal, Keniston Braga desembarcou na região de Carajás. Em seu expediente local, participou de reuniões com secretários municipais e vereadores de Parauapebas, com objetivo de discutir projetos para a capital do minério. O citado parlamentar esteve também em Eldorado dos Carajás, oportunidade em que reuniu com as autoridades locais para levantar demandas e buscar ações que visem melhorar a vida da população local.

O ano promete

No último dia 12, o prefeito de Parauapebas, Darci Lermen (MDB), promoveu em um hotel da cidade, ampla reunião administrativa com todo o seu secretariado. O encontro teve como foco principal o alinhamento estratégico das estruturas da gestão. Lermen quer colocar o cidadão no centro de tudo. O mandatário municipal sabe que o atual biênio é fundamental para o seu futuro e pretensões política e eleitoral.

Criador x criatura I

A relação entre – se é que podemos nos referir dessa forma – a prefeita de Canaã dos Carajás, Josemira Gadelha e do ex-prefeito Jeová Andrade, ambos do MDB, só piora. O novo capítulo está nas recentes nomeações que a atual gestora canaãnense andou promovendo, mudando o comando de diversas pastas municipais. O que chamou atenção é que a ampla maioria do que foram nomeados são de fora da “terra prometida”. As alterações deslocaram alguns aliados de Jeová.

Criador x criatura II

Informações de bastidores repassadas ao colunista dão conta que Jeová Andrade poderá sair do MDB e se filiar ao PL, portanto, assumir de vez o seu viés bolsonarista, algo que ficou explícito na última campanha presidencial. Outra informação que circula em Canaã é que ele poderá ainda, quem sabe, lançar a esposa Waina Andrade para prefeita em 2024. Enquanto isso, o governador Helder Barbalho (MDB) sem pressa, “cozinha” o ex-prefeito Jeová, o deixando na “geladeira” em relação à Alepa.

Helder lá, Hanna aqui

Mal o segundo governo Helder Barbalho (MDB) começou, um fato está posto e deverá ser a tônica da segunda passagem do filho de Jader e Elcione pelo Executivo paraense: o atual mandatário estadual terá perfil exógeno, ou seja, para fora. Enquanto a sua vice, Hanna Ghassan, tocará in loco o governo, claro sob a supervisão total de Helder. A vice será como uma gerente. Já Helder manterá a sua estratégia apresentada pelo colunista “Para além do Palácio”, em janeiro de 2019.

Fila em Brasília

O que se fala é que o novo ministro das Cidades, Jader Filho, do MDB, anda com certa dificuldade em conseguir trabalhar, focar nas ações de sua pasta. Tudo porque a fila na porta de seu gabinete não para de crescer. Muitos querem apenas uma foto ao lado do ministro, outros querem se aproximar em busca de parceiras, que o diga o prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues (Psol).

De volta ao lugar

Depois de mais um revés eleitoral, quando teve votação pífia para deputada federal, Úrsula Vidal, do MDB,  como prêmio de consolação pelos serviços prestados, voltará à Secult. Ela bem que tentou algum espaço em Brasília, mas, pelo visto, só ganhou abraços e sorrisos.

Mudança de casa

Desde a gestão da petista Ana Júlia (2007-2010), que a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) era controlada pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), permanecendo até os dias atuais. Informações de bastidores colhidas pelo colunista dão conta que a legenda que no Pará é controlada pelo deputado federal (não reeleito) Cássio Andrade, poderá na segunda gestão de Helder Barbalho (MDB), ficar com a Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), que seria gerenciada por Andrade, que no próximo dia 31, ficará “desempregado”.

Sem nada

Funcionários da Alepa que trabalharam na Comissão parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga ações da mineradora Vale em solo paraense, reclamaram para o deputado Carlos Bordalo (PT), vice-presidente da Comissão, que não receberam o adicional para trabalhar. Vixe!

Doxa a campo

Doxa vai fazer uma série de pesquisas para avaliar os cenários de municípios paraenses, começando por Belém. O objetivo é avaliar a gestão de Edmilson Rodrigues (Psol), além da avaliação do governo do Estado na capital paraense. É uma primeira fotografia eleitoral de Belém. Diversos nomes deverão constar, mas o levantamento deve servir para alguns processos analíticos.

COP 30 em Belém 

Após reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na manhã do último dia 11, em Brasília, o governador do Pará e presidente do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal (CAL), Helder Barbalho, informou que a capital paraense, Belém, é a cidade brasileira escolhida como candidata oficial do país para sediar uma edição da Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP 30) em 2025.

Caça aos golpistas

As investigações da Polícia Federal avançam sobre os financiadores e articuladores da tentativa de golpe de Estado no último dia 08 em Brasília, que culminou em um terrorismo nunca antes visto. Até o momento, três microempresárias, um motorista, um bombeiro civil e uma servidora pública estadual devem receber a “visita” dos agentes da PF nos próximos dias. Quando as investigações forem para o lado do agronegócio, a lista tenderá a crescer.

O blog no Twitter!