Ponto de resistência em Ananindeua

COMPARTILHE:

O governador Helder Barbalho, do MDB, é o dono do tabuleiro político do Pará. Seu controle em relação aos movimentos das “peças ” é impressionante. Quase nada escapa de sua visão que, muitas vezes antecipa e consegue conter ações contrárias aos seus interesses. Todavia, há um movimento que talvez tenha sido previsto, mas não mensurado, que foi do atual prefeito de Ananindeua, Daniel Santos.

O mesmo que adentrou ao MDB a convite de Helder, mas que logo mostrou que não seguiria à risca às ordens de Barbalho. À revelia da família que hoje controla a política paraense, ao ter lançado sua esposa a deputada federal, e a fez a mais votada do último pleito. Uma clara demonstração de força e independência. Daniel ostenta um dos maiores níveis de boa avaliação, sendo considerado por alguns institutos o melhor prefeito do Pará. O mesmo tende a se reeleger de forma tranquila, sem possibilitar uma disputa mais acirrada.

A questão é que Daniel e Helder deixaram de ser, digamos, parceiros políticos. Se sua reeleição ocorrer de forma acachapante, o fortalecerá para o seu maior objetivo: disputar o governo do Pará em 2026, sem o atual mandatário estadual que estará fora da disputa e tenderá a lançar sua vice Hana Ghassan. É nesse hiato que Daniel aposta suas fichas. E Helder sabe disso.

O primeiro passo, é buscar dificultar ao máximo a reeleição de Daniel. Ter uma candidatura que possa desmistificar a tal gestão em Ananindeua, a trazendo para o mundo real, externando os problemas que existem, mas são abafados pelas obras marqueteiras de Santos.

O nome do contraponto à supremacia de Daniel atende pelo nome de Miro Sanova, ex-deputado estadual e atualmente presidente da Funtelpa. É nele que o mandatário estadual aposta suas fichas para digamos, enfraquecer e derrubar a imagem de bom gestor do atual prefeito de Ananindeua.

Miro se filiará ao PT. Tal movimento terá como objetivo destituir o atual diretório municipal do partido que “caminha” ao do atual prefeito de Ananindeua.

Imagem: reprodução Internet. 

O blog no Twitter!