Eleições 2024: dinâmica recente do eleitorado de Parauapebas

COMPARTILHE:

O competente analista de dados, Wesley Oliveira, mestre em economia, torna público mais um de seus importantes e indispensáveis estudos sobre o cenário político-eleitoral de Parauapebas. Boa leitura.

“As forças políticas em todos os municípios já estão em franca movimentação com foco no pleito de 2024, quando candidatos buscarão os votos necessários para conquistar seus objetivos eleitorais no executivo ou legislativo municipais.

Em Parauapebas, a “capital do minério”, localizada na mesorregião Sudeste Paraense, não é diferente. E um ponto adicional no cenário político do município aumenta a expectativa: a possibilidade de atingir 200 mil eleitores, o que cria condições legais para permitir segundo turno.

O município, que é a maior economia do estado (IBGE 2020), possui o quarto maior colégio eleitoral do Pará, com 190.461 eleitores aptos (Tribunal Regional Eleitoral – TRE-PA; dados de 06/12/23). Como notado, são menos de 10 mil eleitores para completar o mínimo exigido para possibilitar segundo turno nas eleições municipais.

É acompanhar as variáveis que influenciam o aumento e a redução do eleitorado e ver o resultado até 8 de maio do próximo ano, que é a data limite para fazer as alterações no título de eleitor (regularizar, mudança de domicílio eleitoral, 1º título, etc.).

Uma análise também interessante e importante para o pleito de 2024 no município é o desempenho quantitativo do eleitorado por bairro. Antes, porém, vale mencionar que comparativo do pleito de 2020 com os dados atuais (de 06/dez/23) aponta uma variação de 17,1% do eleitorado municipal. Voltando aos bairros, o maior efetivo de eleitorado está no Rio Verde, que atualmente possui quase 21 mil eleitores, o que corresponde a 11% do eleitorado de Parauapebas (esse percentual foi de 11,7% no pleito de 2020).

O segundo bairro com mais eleitores aptos é o Cidade Jardim, com seus atuais 16.875 eleitores, representando praticamente 9% do eleitorado local. O bairro, por sinal, é o grande destaque, dentre os mais populosos eleitoralmente, em termos de variação do quantitativo de votantes: em comparação com os dados do pleito de 2020, já são 36,3% de aumento do eleitorado.

Esse desempenho, vale dizer, fez o bairro ganhar uma posição no ranking: em 2020, era o terceiro com mais eleitores na cidade, agora é o segundo. O terceiro bairro com mais eleitores atualmente é o União, com 15.131 aptos. A área também apresentou crescimento expressivo do eleitorado: 27,2% em comparação ao pleito de 2020.

Por fim, vale mencionar o efetivo de eleitores aptos na zona rural, que saltou de 11.399 em 2020 para os atuais 13.277, o que significa aumento de 16,5%. Diga-se de passagem, a área era a sexta mais populosa (de eleitores) em 2020 e saltou para quarta colocação atualmente.

É aguardar até a data limite para ter a fotografia definitiva do eleitorado apto para o pleito municipal de 2024. De todo modo, esse tipo de levantamento realizado agora é fundamental para que partidos e candidatos elaborem suas estratégias considerando a distribuição do eleitorado no território”.

Com informações de Dados Em Foco. 

Imagem: reprodução Internet. 

O blog no Twitter!