MDB sendo MDB

COMPARTILHE:

Apesar de ter uma pré-candidata ao Palácio do Planalto, a senadora pelo estado do Mato Grosso do Sul, Simone Tebet não conta com o apoio da maioria de seu partido, o MDB. Até aqui – com tendência de aumento – 11 diretórios do partido, que inclui ainda três governadores irão apoiar o ex-presidente Lula (PT) já em primeiro turno na disputa presidencial. Os diretórios estaduais do MDB de Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Pará e Rio Grande do Norte participaram de uma reunião com Lula, em São Paulo, onde anunciaram apoio ao petista.

Segundo matéria do site Sol de Carajás, participaram presencialmente o senador Eunicio Oliveira (CE); o senador Renan Calheiros, o ex-governador Renan Filho e o governador Paulo Dantas, e o líder do MDB na Câmara, Isnaldo Bulhões, todos de Alagoas; o senador Veneziano Vital do Rêgo (PB); o líder do MDB no Senado, Eduardo Braga (AM), o ex-deputado Lucio Vieira Lima (BA), o ex-ministro Edison Lobão (MA), o senador, Eduardo Braga (AM), o ex-deputado Lucio Vieira Lima (BA), o ex-ministro Edison Lobão (MA); a senadora Rose de Freitas (ES); o ex-ministro Leonardo Picciani (RJ), o senador Marcelo Castro (PI).

Segundo site Valor Econômico, apesar do apoio velado de 11 diretórios do MDB a Lula, ainda sim não são maioria na convenção nacional do partido, instância maior e que deve deliberar sobre os rumos do partido na eleição presidencial. Somados, os 11 diretórios somam 145 votos do total de 417 (34,7%).

Tal movimento em direção ao PT já era esperado. Da mesma forma que há – em menor número – apoio de políticos emedebistas ao presidente Jair Bolsonaro (PL). O MDB deixa claro que não pretende repetir o erro de 2018, quando lançou Henrique Meirelles,  que obteve apenas 1,2% dos votos válidos, ficando em sétimo lugar geral na corrida presidencial. Agora o partido quer recuperar o espaço perdido no Congresso Nacional, para isso, quer atrelar-se ao líder – até aqui nas pesquisas.

É, na prática, o MDB sendo MDB.

O blog no Twitter!