Ação da Americanas tem nova alta após apresentação de plano de recuperação judicial

COMPARTILHE:

As ações da Americanas (AMER3) sobem na Bolsa de Valores nesta terça-feira (21), após a varejista divulgar na noite de segunda-feira (20) seu plano de reestruturação, que prevê um aumento de capital de R$ 10 bilhões, com direito de preferência aos atuais acionistas, além da venda do hortifruti Natural da Terra, entre outros ativos. Às 12h23 (horário de Brasília), os papéis da estavam cotados a R$ 1,14, em alta de 5,56%. Nos últimos cinco dias, a valorização foi de 11,68%.

O plano de Recuperação Judicial, que foi encaminhado à Justiça do Rio de Janeiro, também atualizou o volume de dívida da companhia para cerca de R$ 50 bilhões, que estava contabilizado em R$ 42,5 bilhões em fevereiro.

A proposta de venda da Natural da Terra foi um fator relevante, uma vez que o ativo é considerado estratégico para a empresa e foi comprado em 2021 por R$ 2,1 bilhões. O plano da varejista também inclui a venda do Grupo Uni.Co, também adquirido em 2021, que opera franquias como Puket e Imaginarium.

“Acreditamos que o impacto do anúncio do plano é marginalmente positivo para a Americanas. A capitalização de R$ 10 bilhões está abaixo do pedido pelos bancos credores, mas acima da proposta inicial de R$ 6 bi e tem boas chances de ser aceita, acelerando o plano de recuperação. Contudo, o desconto elevado nas dívidas, incluindo fornecedores, deve manter a posição competitiva da empresa muito abaixo de seus concorrentes”, avalia a Guide Investimentos.

Com informações da Info Money. 

Imagem: reprodução Internet. 

O blog no Twitter!